Amigo de Deus

“E cumpriu-se a Escritura, que diz: E creu Abraão em Deus, e foi-lhe isso imputado como justiça, e foi chamado o amigo de Deus” (Tiago 2:23)

Acredito que você conheça a história de Abraão, um homem que abandonou tudo o que possuía, toda a segurança que desfrutava e passou a caminhar com Deus pelas terrar de Canaã.

E, ao escrever sobre a fé e as obras, Tiago declara que, em Abraão, encontramos o modelo de cristão. Abraão acreditou no chamado de Deus e em sua promessa, saiu de sua parentela e caminhou ao lado do Senhor o restante de sua vida.

Deus não chamou Abraão para ser um falso religioso, mas para ser um amigo, ao ponto de o próprio Senhor declarar que não ocultaria dele Seus planos (Gênesis 18.17). Alguns milênios depois Jesus, enquanto se preparava para Seu sacrifício na cruz, declara a mesma coisa (João 15.14).

A obediência à Palavra nos coloca em uma posição extremamente privilegiada: de amigos de Deus. Alguém poderia questionar o fato de que, para ser amigo de Deus, precisamos obedecê-lo, como se isso cheirasse alguma barganha.

Mas pare e pense, quando estabelecemos laços de amizades aprendemos a negar algumas liberdades pessoais para não entristecer o outro correto? E por que com Deus não seria diferente?

Hey, temos o privilégio de sermos chamados amigos de Deus, de termos a possibilidade de sair do estado de inimigos para passarmos ao maravilhoso estado de paz e amizade com Senhor. Mas para isso precisamos cativar nossa amizade com Ele.

Lembre-se de Abraão, sua fé nas Palavras o conduziu pelo caminho de obediência e de amor ao Senhor. Esse é o segredo: fé, obediência e amor.

Que Deus lhe abençoe e até amanhã em mais um #LittleDevocional.

#LITTLEDEVOCIONAL em seu WhatsApp

Receba nossos devocionais diretamente em seu WhatsApp. Junte-se à comunidade Little Son!

Hey, o que achou?

Deixe seus comentários