Fiel e Justo

“Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça” (1 João 1:9)

Ao iniciar sua carta, escrita a fim de combater uma heresia que surgia na igreja, o Apóstolo João traça um paralelo entre Deus, que é luz e nós, que dependemos dEle e necessitamos de Sua luz.

Tanto no versículo oito, quanto no versículo dez, o Apóstolo escreve declarando que se dissermos que não temos pecado é porque estamos afastados de Deus e a verdade não está em nós.

O reconhecimento de nossa natureza pecaminosa só é possível a partir do momento em que o próprio Espírito Santo ilumina nossos corações antes envoltos por trevas. Mas a carta de João foi escrita para uma comunidade de cristãos, então a questão aqui não é o pecado no mundo, mas o pecado dentro da igreja.

João declara que não podemos afirmar que andamos com Deus, mas praticamos as obras das trevas (v. 6). Por isso ele chama seus leitores para desenvolverem a consciência de que, embora o pecado não deva ser uma constante, estamos sujeitos a ele.

E, por este motivo, quando pecarmos temos à disposição o perdão do Pai. “Se confessarmos os nossos pecados”, devemos declarar a Deus quais são nossos pecados, enumerá-los e nomeá-los, reconhecendo onde falhamos e que temos o desejo de abandoná-los.

Hey, quando pecar não se afaste de Deus, mas aproxime-se dEle confessando e confiando que “ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça”.

Que Deus lhe abençoe.

#LITTLEDEVOCIONAL em seu WhatsApp

Receba nossos devocionais diretamente em seu WhatsApp. Junte-se à comunidade Little Son!

Hey, o que achou?

Deixe seus comentários