Guarda-te

“Tão-somente guarda-te a ti mesmo, e guarda bem a tua alma, que não te esqueças daquelas coisas que os teus olhos têm visto, e não se apartem do teu coração todos os dias da tua vida; e as farás saber a teus filhos, e aos filhos de teus filhos” (Deuteronômio 4:9)

Antes de entrarem na terra prometida e desfrutarem das bênçãos que Deus havia lhes preparado, o povo de Israel foi ensinado sobre a Lei do Senhor e a maneira como deveriam se portar como Nação.

Deus lhes entrega estatutos de ordem religiosa/cerimonial e civil, preceitos que deveriam ser seguidos a fim de que Israel se desenvolvesse como nação de forma saudável e santa. Para isso deveriam sempre manter vívida na memória como o Senhor havia operado entre eles no deserto e libertado com mão forte do Egito.

Embora o conjunto de leis cerimoniais, religiosas e civis não vigorem hoje, o contexto moral da Lei de Deus ainda permanece e, ao contrário dos israelitas, hoje temos a nossa disposição a graça de Cristo que nos capacita para cumprir os mandamentos do Senhor.

Também fomos resgatados do Egito, fomos retirados do mundo, quando olhamos para trás somos capazes de ver como a mão do Senhor nos guiou e nos concedeu além do que pensávamos ou que poderíamos ter pedido.

E, assim como aos israelitas, o Senhor fala conosco hoje para jamais esquecermos o que Ele fez por nós, pois quando esquecemos o que Ele nos concedeu abrimos as portas para a apostasia e o secularismo, nos tornamos ingratos e blasfemadores.

Hey, assim como aos israelitas, Deus nos chama hoje para o compromisso de alimentarmos em nossa memória Seus grandes feitos, de mantermos viva a gratidão por Sua misericórdia e compaixão, pois somente assim seremos capazes de guardar a nós mesmos e de anunciar a graça de Deus aos nossos filhos e aos filhos de nossos filhos.

Que o Senhor Deus lhe abençoe.

#LITTLEDEVOCIONAL em seu WhatsApp

Receba nossos devocionais diretamente em seu WhatsApp. Junte-se à comunidade Little Son!

Hey, o que achou?

Deixe seus comentários