Imitadores de Deus

“Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados” (Efésios 5:1)

Todo filho procura em seus pais algo para imitar, alguns imitam os palavrões, a agressividade, outros, porém imitam a honestidade, a decência e a humildade. E, sabendo disso, Paulo chama cada um de nós para imitar a Deus como filhos amados por Ele. Pare para refletir um pouco sobre isso.

Fomos feitos filhos da adoção, não éramos da família de Deus, mas agora por meio de Jesus não apenas somos da família, mas também herdamos junto de Cristo tudo o que Ele possuía e, além disso, somos alvos do amor insondável e incompreensível de Deus.

Contudo, ainda temos a audácia de definir para Deus como Ele deve nos amar. Sempre falamos “Deus me ama assim como estou”, ou ainda “o amor de Deus é superior aos meus pecados”, sim com toda certeza.

Mas isso não significa que devemos continuar vivendo como órfãos, agora estamos debaixo de uma autoridade paternal, agora temos alguém a quem responder! E Paulo compreende isso ao encontrar a solução para todas as orientações dadas aos efésios no capítulo anterior (Efésios 4).

Um cristão que se sente bem com seu pecado não compreendeu o que significa a graça e o amor de Deus. A graça nos chama e abraça como estamos, mas não para nos deixar lá e sim para nos levar a um lugar melhor!

Hey, reflita na responsabilidade de ser imitador de Deus, um Deus santo, justo, puro, honesto, amoroso, verdadeiro, enfim, um Deus que excede qualquer palavra de qualquer língua que existiu ou possa existir.

Depois leia o capítulo quatro e o capítulo cinco de Efésios, medite nos textos e imite a Deus como um filho(a) amado(a).

Que Deus lhe abençoe e até amanhã em mais um #LittleDevocional.

#LITTLEDEVOCIONAL em seu WhatsApp

Receba nossos devocionais diretamente em seu WhatsApp. Junte-se à comunidade Little Son!

Hey, o que achou?

Deixe seus comentários