Não entristeçais

“E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o Dia da redenção” (Efésios 4.30)

Paulo, escrevendo para a Igreja de Éfeso, exorta os irmãos acerca de uma série de recomendações da vida prática e de como deveriam manifestar o Reino de Deus em suas vidas cotidianas.

Mas o que seria entristecer o Espírito Santo? Entendemos que o Espírito Santo, assim como o Pai e o Filho, é um ser pessoal, não apenas uma força ou uma energia, assim como nós Ele possuí razão e emoções.

Passamos a entristecer o Espírito Santo quando deixamos de ouvir Suas advertências e orientações, quando não nos importamos com a Sua voz e não achamos mais relevantes a Sua presença em nossas vidas.

Note que Paulo insere essa advertência em um contexto de exortação à santidade, pois qualquer ação fora dos princípios estabelecidos por Deus em Sua Palavra pode conduzir o crente ao endurecimento de seu coração para a voz do Espírito Santo.

O Apóstolo nos alerta que é o Santo Espírito que nos sela para o Dia da Redenção e isso nos apresenta um sério panorama: entristecer o Espírito Santo e, ativamente rejeitar Sua voz, conduz, inevitavelmente, à blasfêmia contra Ele, ao completo endurecimento do coração e mente para as verdades da Palavra de Deus.

Hey, o único pecado que o Mestre declarou não haver perdão consiste exatamente na rejeição, apresentada pelo Apóstolo Paulo, à voz do Santo Espírito, por isso devemos, conscientemente, avaliar nossas vidas e, diariamente, rogar para que Ele não se aparte de nós e não nos deixe seguir nossas próprias paixões.

Que Deus lhe abençoe e até amanhã em mais um #LittleDevocional.

#LITTLEDEVOCIONAL em seu WhatsApp

Receba nossos devocionais diretamente em seu WhatsApp. Junte-se à comunidade Little Son!

Hey, o que achou?

Deixe seus comentários