O mandamento esquecido

“Amarás o teu próximo como a ti mesmo” (Mateus 22:39)

Quantas vezes você já não ouviu alguém falar ou pregar acerca do segundo maior mandamento? Ame ao seu próximo como a ti mesmo. Mas será que, realmente, você compreendeu o que isso implica?

Antes de apresentarmos o segundo mandamento devemos compreender o primeiro mandamento.

No versículo 37 o Senhor Jesus, ao responder a pergunta do mestre da lei, afirma que o amor ao Senhor Deus é o primeiro de todos os mandamentos e o mais importante, logo em seguida Cristo declara “Amarás o teu próximo como a ti mesmo”.

Aparentemente não há uma ligação muito evidente em ambos os mandamentos, contudo, se retornarmos ao Gênesis vamos encontrar o seguinte registro: “E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou” (Gênesis 1:27).

O escritor ressalta que o homem e a mulher foram feitos à imagem de Deus. Quando Jesus declara “ame ao seu próximo” Ele está ecoando o primeiro mandamento, pois se eu amo a Deus devo amar também aquele que foi criado à Sua imagem.

Agora, até aqui tudo bem, devo amar aqueles que me amam, correto!? Errado! Na parábola do bom samaritano o Senhor apresenta quem é o nosso próximo, sim o próximo que devemos amar.

Devemos amar quem a sociedade não ama, quem o mundo declara que deve ser morto, quem os extremistas rejeitam e quem os religiosos ignoram.

Pois assim como os bons, os maus também foram criados à imagem e semelhança de Deus, eles podem ter se desviado no caminho, mas ainda assim devemos amar como representantes do Reino. E qual o amor maior senão o amor que apresenta a salvação, graça e amor eterno?

Não ame apenas os que fazem parte de sua “panelinha”, aqueles que pensam igual a você, que levantam a mesma bandeira política, a mesma filosofia, ame a todos ao ponto de não omitir a realidade do inferno.

Que Deus lhe abençoe, fique na paz de Cristo Jesus e até amanhã em mais um #LittleDevocional.

#LITTLEDEVOCIONAL em seu WhatsApp

Receba nossos devocionais diretamente em seu WhatsApp. Junte-se à comunidade Little Son!

Hey, o que achou?

Deixe seus comentários