Perdoando o imperdoável

"Então Pedro, aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete? Jesus lhe disse: Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete" (Mateus 18:21-22)

Perdão... Alguém já disse que esta é a palavra mais difícil de dizer.

Ainda mais hoje, em nossos dias, onde a tendência é valorizarmos nosso ego e cerca-lo de “não me toques”. Quando alguém nos fere, fere nossos sentimentos a tendência natural é nos armar e preparar para revidar.

Mas não é isso que Jesus nos ensina. Ele diz que devemos perdoar até 490 vezes nosso irmão (70 x 7).

Se você ler o restante deste capítulo verá a parábola do credor incompassivo. Um homem que devia dez mil talentos para o rei. Você sabe quanto vale um talento?

Um talento era equivalente a, aproximadamente, 22 quilos de prata. Só para que você compreenda, um dia de trabalho nos dias de Jesus era equivalente a 4 gramas de prata, isso mesmo, a dracma ou denário equivalia à 4 gramas de prata.

Então aquele homem devia ao rei algo da ordem de 220 mil quilos de prata, isso mesmo, multiplique os 22 quilos por 10 mil e você encontra a quantia que ele devia para o rei.

Mas, mesmo assim, aquele rei perdoou a dívida dele e o deixou ir embora, mas no caminho ele encontrou um conservo que lhe devia apenas cem dinheiros, ou 400 gramas de prata, porém, ao invés de perdoa-lo ele o colocou na prisão.

Percebe a diferença? Nós muitas vezes somos como o credor incompassivo, devemos tanta coisa para Deus e, Ele sendo misericordioso nos perdoa, mas muitas vezes não queremos perdoar quem nos deve quase nada.

Medite neste #LittleDevocional e não deixe que o ódio e a amargura corroam sua alma, libere o perdão e você verá como o Senhor lhe abençoará grandemente.

Fique na paz de Cristo Jesus e até amanhã em mais um devocional.

#LITTLEDEVOCIONAL em seu WhatsApp

Receba nossos devocionais diretamente em seu WhatsApp. Junte-se à comunidade Little Son!

Hey, o que achou?

Deixe seus comentários