Vença o mal com o bem

“Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem” (Romanos 12:21)

Ao escrever à Igreja de Roma o Apóstolo Paulo relembra o cerne do Sermão do Monte, a justiça e os valores do Reino Eterno. Enquanto o mundo vinga o mal, os súditos do Reino retribuem o mal com o bem, enquanto o mundo destila mais ódio, os súditos do Reino oferecem o amor.

Não seremos hipócritas, mas isso é extremamente difícil, principalmente quando não compreendemos o segredo entendido por Paulo para justificar o amor diante do ódio, o bem diante do mal.

O segredo para vencer o mal com o bem, para dar a outra face sem revidar, não se encontra em nós mesmos, não está em nossa bondade ou em nossas capacidades e Paulo sabia muito bem disso.

Na realidade só seremos capazes de vencer o mal com o bem quando passarmos pelo processo de renovação da nossa mente e apresentarmos os nossos corpos ao Senhor como sacrifício vivo, conforme o Apóstolo escreve nos dois primeiros versículos do capítulo.

Quando tiramos o nosso “eu” de evidência e colocamos Cristo então, progressiva e sistematicamente, Ele vai renovando nosso ser, nos moldando e forjando em nós a Sua própria imagem.

Somente assim somos capazes de vencer o mal com o bem, de amar quando somos odiados, de estender a mão quando nos ferirem no rosto. E, ao contrário do que os defensores da liberdade de odiar diriam, não há fraqueza nisto, pois ao quebrar o ciclo do ódio oferecendo o amor que provém de Deus demonstramos que não estamos presos ao sistema deste mundo e, portanto, pertencemos a um Reino de ética e moral muito mais elevadas.

Hey, lembre-se que você só será capaz de vencer o mal com o bem quando deixar Deus renovar sua mente e quando, conscientemente, você se colocar no altar como sacrifício vivo a Ele.

Que Deus lhe abençoe e até amanhã em mais um #LittleDevocional.

#LITTLEDEVOCIONAL em seu WhatsApp

Receba nossos devocionais diretamente em seu WhatsApp. Junte-se à comunidade Little Son!

Hey, o que achou?

Deixe seus comentários